Celebração da Vida e a Campanha Lavar as Mãos – Fronteira dos Vales – MG!

No dia 25/10/2014 – A Pastoral da Criança de Fronteira dos Vales – MG, realizou nas comunidades Bairro Novo, Solidária e São Vicente, a Celebração da Vida com uma atividade especial em prol da Campanha “Lavar as Mãos”: Antes do lanche, as lideres com o auxilio das mães lavaram as mãos de todas as crianças e no final cada uma recebeu uma cartilha com atividades para serem realizadas durante 21 dias, para que assim o ato de lavar as mãos se torne um hábito saudável de higiene que salva vidas.
Pastoral da Criança – em missão de vida e esperança!

Comunicadores Populares!

P1140320 P1140276 P1140280 P1140297 P1140309

Pesqueira • Pernambuco – Capacitação

O ramo São José, em Venturosa, realizou uma capacitação na Ação Comunicação Popular. O evento aconteceu no Centro Pastoral Paroquial. A coordenadora, Lucia Tavares Bispo, acolheu a equipe diocesana com muito entusiasmo e os 17  jovens que participaram da capacitação.

O capacitador, Dalmo José, mostrou a todos como explorar mais o material usado no dia a dia da Pastoral nos meios de comunicação, para que as ações desenvolvidas fossem mais divulgadas, conquistando mais líderes para juntos levarem vida em abundância para todos. Durante os dois dias de capacitação, houve várias oficinas de teatro, jornal mural, vídeo, rádio e foto-relato. O Padre Fábio dos Santos, pároco local, acolheu a todos. A coordenadora Luciana e seu esposo Casio, participaram dividindo conhecimentos e partilhando a vida.

Colaboração: Dalmo Leite

Multiplicador da Ação Comunicação Popular

Fonte: Jornal 215 – Jornal da Criança 2014

São Salvador da Bahia – IV Região • Bahia – Reativação da Pastoral da Criança

A Paróquia São João Batista, que tem como pároco o Padre Jurandir da Silva Paz, que vem dando todo o apoio para a reativação da Pastoral da Criança, realizou uma capacitação para novos líderes. Neste ano de 2014, tivemos capacitação para 26 novos líderes. Nessa capacitação esteve o capacitador e coordenador de setor, Domingo Fausto; e a coordenadora paroquial, Hildeni Nunes de Argôlo. Após a Missa de Envio dos líderes, constatamos com alegria que eles estão buscando fortalecer a Pastoral da Criança na Paróquia com o acompanhamento de famílias, crianças e gestantes. Os líderes estão atuando na sede e em algumas comunidades da Paróquia: Aporá, Cerquinha, Sobrado, Nova Aparecida I e Jacarezinho II.

Colaboração: Hildeni Nunes de Argôlo

Fonte: Jornal 215 – Pastoral da Criança 2014

Santarém • Pará – Formação contínua

Neste ano, temos muitos motivos para agradecer a Deus pelos 30 anos da nossa querida Pastoral da Criança. Durante este ano, o Papa nos convidou a ter o olhar em Jesus. Por isso, a Pastoral da Criança da Diocese de Santarém vem motivando todos os ramos a terem um olhar e uma atenção especial sobre as Oficinas de Formação Contínua Integrada. Estamos ajudando, assim, os nossos líderes a serem uma presença de fé, que anima, motiva a missão da Pastoral nas comunidades, junto às famílias, crianças e gestantes. As Oficinas de Formação nos ensinam que tendo humildade, poderemos ver além das aparências. Tudo aquilo que nós ensinamos e aprendemos juntos, é o que realmente conta para o nosso crescimento e fortalecimento da Pastoral da Criança. Tudo o que já sabemos devemos partilhar. Quando nos dedicamos ao trabalho voluntário temos que vibrar, ter orgulho de ser voluntário, ter amor para dar!

Colaboração: Ir. Graça e equipe de setor

Fonte: Jornal 215 – Pastoral da Criança 2014

Jundiaí • São Paulo – Oficina

Na Paróquia São Paulo Apóstolo, município de Cajamar, foi realizada a oficina das pastorais sociais, momento de exposição e divulgação dos trabalhos das pastorais realizados no município. O evento contou com o apoio do pároco, Padre José Roberto de Oliveira, e do Diácono Mauro Nunes da Silva. A Pastoral da Criança esteve presente expondo os materiais educativos e divulgando as ações realizadas no município. O evento contou com a participação da coordenadora de área: Ledoína Bueno da Silva; da coordenadora de ramo, Rosangela de Carvalho Santiago; e das líderes das Paróquias São Paulo Apóstolo e Nossa Senhora da Alegria.

OK_215_Jundiai_SP_Paroquia_Sao_Paulo_Apostolo_CajamarSP_01

Fonte: Jornal 215 – Pastoral da Criança 2014

Ruy Barbosa • Bahia – Comunicadores populares

Nos dias 08, 09 e 10 de agosto de 2014, na Diocese de Ruy Barbosa, foi realizada mais uma capacitação para comunicadores populares, organizado pela Coordenadora Diocesana, Irmã Angelina Marttine. A capacitação aconteceu no Centro de Treinamento de Líderes. Contamos com a presença de voluntários de várias cidades e do capacitador Celso. Dom André De Witte, bispo diocesano, esteve presente incentivando a todos e como sempre, apoiando as ações da Pastoral da Criança.

OK_215_Ruy_Barbosa_Bahia_Comunicadores_Populares

Fonte: Jornal 215 – Pastoral da Criança 2014

Araçatuba • São Paulo – Assembleia

Aconteceu entre os dias 25 e 27 de julho a Assembleia Eletiva 2014 da Pastoral da Criança da diocese de Araçatuba. Participaram, além de coordenadores de todos os níveis da pastoral da diocese, a coordenadora da Sub-Região Botucatu II, Maria Angélia Galiote Silva, a coordenadora estadual da pastoral, Eunice Gomes Rodrigues, e ainda o assessor diocesano, Padre Sebastião Gonçalves, como também o bispo diocesano, Dom Sergio Krzywy.

Colaboração: Mendes Netto

Fonte: Jornal 215 – Pastoral da Criança 2014

Abaetetuba • Pará – Testemunho – Abraçar a missão com amor

“Meu nome é Lucenilda Pinheiro da Silva, tenho 39 anos e sou voluntária da Pastoral da Criança há 22 anos. Faço parte do ramo Rainha da Paz, na Comunidade do Alto Paruru (ilhas), do Setor Abaetetuba – Pará. Não tenho muito estudo, mas através do conhecimento que adquiri na Pastoral da Criança consegui passar no concurso da prefeitura no cargo de Agente Comunitário de Saúde (A.C.S.). Somos uma equipe de 4 líderes com 74 crianças. O motivo que me fez iniciar o trabalho da Pastoral da Criança foi a realidade de pobreza e de carência vivida por mim e muitos ao meu redor.

As dificuldades sempre foram inúmeras, pois como moramos em área ribeirinha, dependemos da maré para chegar até a cidade. Ademais, engravidei aos 16 anos e não tinha orientações e nem noção de como cuidar do meu bebê. Este fator fortaleceu ainda mais meu interesse em fazer parte da Pastoral da Criança.

Enfim, depois de muitas barreiras, posso dizer que venci com a ajuda da Pastoral da Criança. Atualmente, nosso trabalho é com base em uma raiz firme. Temos uma equipe que abraçou com muito amor a missão de levar vida em abundância para todos.”

Colaboração: Lucenilda Pinheiro da Silva

Fonte: Jornal 215 – Pastoral da Criança 2014