30 Anos da Pastoral em Alagoas

A Pastoral da Criança, Organismo de Ação Social da CNBB, há trinta anos vem vivenciando com ações concretas o compromisso com os pobres, numa expressão de FÉ e VIDA. As lideranças acompanham 21.293 mil crianças, 1.320 gestantes, em 600 comunidades. Para essa expressão de amor a Deus, nesta busca de valorização da vida contamos com o apoio e incentivo dos Bispos e dos Padres e e de instituições civis. O trabalho dedicado das lideranças, de colaboradores e parceiros foram imprescindíveis para o êxito até hoje desta ação de promoção da vida. A Pastoral da Criança em Alagoas começou na Arquidiocese de Maceió, no Bairro Brejal onde moravam mais de 4 mil famílias em condições de extrema pobreza, viviam catando mariscos na Lagoa Mundaú, muitas crianças morriam por diarréia, desnutrição, pneumonia e outras doenças de fácil prevenção. Em 1984 Dom Miguel Fenelon Câmara, pediu a Dra Zilda para implantar a Pastoral da Criança em Alagoas. Dra Zilda com sua sabedoria divina pediu a Dom Miguel que apresentasse uma pessoa que confiasse no povo. A Irmã Vicência foi a escolhida.

Dra Zilda com dedicação e amor começou a capacitar os primeiros líderes, eram cerca de 30 pessoas ensinando a fazer o soro caseiro com as colheres-medida do soro. Capacitação das cinco ações básicas: saúde da gestante, aleitamento materno, vigilância nutricional e vacinação. Depoimentos de mães com suas histórias sofridas, crianças morrendo, palavras de encorajamento dado por Dra Zilda ao visitar famílias: ofereça a Deus todo poderoso o seu trabalho pois Ele há de dar o consolo necessário. -Perguntaram a uma líder: se você encontrar uma criança com diarréia forte, o que você faz? Você não tem medo que essa criança morra em suas mãos? Com o microfone nas mãos e a segurança de um sábio, a líder respondeu: se a mãe da criança bater à minha porta ás duas da madrugada, eu digo: É Jesus que está me chamando, é Jesus que quer que eu atenda. Se me disser: “está com diarreia” eu preparo o soro caseiro, acompanho-a até a casa, vejo se a criança melhora e, se não sou eu que curo, é Jesus que cura por meio de minhas mãos abençoadas para fazer este trabalho.

A Pastoral da Criança foi crescendo, se expandindo para mais cidades. A cada ano que passava precisava crescer para salvar mais vidas. Foi descentralizado em três setores:Nossa Senhora dos Prazeres, São José e Nossa Senhora da Conceição. A dedicação e o compromisso de expansão foi visível por parte das coordenações dos Setores. Foi implantado também nas Dioceses de Palmeira dos Indios e Penedo. Somos convidados a atualizar sempre nossa ação evangélica missionária, “Coragem, Mensageiros da Paz! Continuem a espalhar a paz junto às famílias de sua comunidade.”

Daqui a alguns anos, vocês perceberão como valeu a pena o seu trabalho de hoje. Quantas crianças estarão agradecendo a vocês a vida que têm e as condições de vida que levam. Muitos pais olharão para vocês com muita gratidão pela presença de vocês junto delas, somos mensageiros da paz e do bem.

CONVITE PASTORAL 30 ANOS

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.