Pesqueira • Pernambuco – Testemunho do líder

“Quando iniciei a missão de ser voluntária da Pastoral da Criança, eu não compreendia muito bem o significado de ser Pastoral da Criança, nem tão pouco sabia dos desafios, também não tinha ideia de quantos sorrisos despertaria e quantas pessoas se tornariam importantes na minha vida. O tempo passou e a cada dia uma certeza: “O que se faz por amor nunca ficará perdido”. Fui descobrindo que para desafios existe superação; que uma criança com fome, doente (hoje), não pode esperar para amanhã; que o tempo é muito importante no processo do cuidado; que cada mãe tem uma receita especial, diferente, única de ser mãe. Aprendi também, em tantas comunidades, que é possível compreender que a beleza da vida está na simplicidade, no ato de amar e respeitar o próximo, que às vezes precisa-se de tão pouco para ser feliz. E, agora, o meu conselho a todos é esse: Abrace uma causa e você verá o quanto aprenderá, praticando o que aprendeu em prol de um ser que não teve a mesma oportunidade, ou mesmo que não tenha a mesma vocação, mas necessita dos seus cuidados, e que não há dinheiro que pague um ato de solidariedade, pois o sorriso de uma criança compensa tudo.”

Marlene Maria – Lider da Pastoral da Criança na Diocese de Pesqueira – PE

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Time limit is exhausted. Please reload CAPTCHA.