Pastoral da Criança da Diocese de Guaxupé (MG) realiza Assembleia Diocesana

A Pastoral da Criança da Diocese de Guaxupé realizou a Assembleia Avaliativa entre os dias 12 a 14 de fevereiro de 2016, no Juvenato em Paraguaçú, Minas Gerais, e contou com a presença de padres, seminaristas, coordenadores arquidiocesanos, coordenadores regionais e estaduais da Pastoral.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Na sexta feira , como forma de homenagear o centenário da Diocese, foi realizada a Recitação dos Mistérios Dolorosos e a Caminhada da Penitência (uma das práticas religiosas que as paróquias da Diocese utiliza nos períodos quaresmais). O terço foi conduzido pelo coordenador estadual da Pastoral da Criança, padre Edilson Silva, da Arquidiocese de Uberaba.

No sábado, as atividades iniciaram bem cedo ao ar livre. A oração inicial foi refletida e rezada à luz do Evangelho de São Lucas (Os discípulos no caminho de Emaús). As palavras chaves (escutar, partilhar, caminhar, anunciar e profetizar) foram trabalhadas durante todo o dia nas palestras ministradas pelos padres e seminaristas.

Padre Márcio Alves Pereira, da Paróquia Sagrada Família e Santo Antonio de Machado, apresentou a riqueza da Encíclica do Papa Francisco, a Laudato Si (Louvado Seja), que aborda assuntos referentes aos cuidados com a natureza, nossa “Casa Comum”.

Padre Éder Carlos de Oliveira, da Paróquia São Pedro de Alfenas, abordou o tema “Quarema: tempo de mudança de vida, oração e conversão”, em que os 53 coordenadores paroquiais presentes puderam perceber e entender a beleza deste tempo de penitência da Igreja Católica, além de se conscientizar sobre a importância de utilizar este tempo quaresmal para praticar as obras de misericórdia, e não ficar apenas presos às abstinências de alimentos favoritos.

O seminarista Dione Piza (que está estagiando sua vivência pastoral na Paróquia São Pedro, em Alfenas) também deixou seu recado aos coordenadores. Ele falou de “Que tipo de valores e mundo queremos deixar às crianças que estão a crescer”. O tema, bem provocante, chamou a atenção pelas práticas que as famílias estão deixando de lado, como as regras de educação, costumes, brincadeiras dos tempos da vovó, devoções populares e como a mídia está colaborando para “escravizar” as crianças dentro de casa, em frente das Tvs e diante dos eletrônicos cada vez mais sofisticados.

Padre Henrique Neveston (padre assessor da Pastoral da Criança, também coordenador diocesano de Pastoral da Diocese e Padre da Paróquia Nossa Senhora da Assunção, em Cabo Verde) falou sobre o “Jubileu da Misericórdia, indulgências, Porta Santa e Santas Missões Populares”. Padre Henrique apresentou uma catequese sobre os documentos da Igreja, além de explicar de uma maneira objetiva o significado das indulgências proclamadas pelo Papa Francisco, em virtude do Ano Santo da Misericórdia. Ele também ouviu os desabafos de alguns coordenadores que estão batalhando incansavelmente para implantar a Pastoral nas áreas mais delicadas da Diocese: Área Cássia e Paraíso (que praticamente estão desaparecendo do mapa diocesano em relação à Pastoral da Criança). Ouviu atentamente os clamores dos coordenadores próximos desses setores e o que mais chamou a atenção foi a súplica dos padres desses locais realizarem uma Penitência de Misericórdia e voltarem seus olhos para as crianças desses setores, abraçando a Pastoral, para que elas possam aparecer e serem acompanhadas pelos líderes missionários.

Confira as 4 prioridades definidas pelo Setor para 2016:
1-Melhorar o Estágio de Evolução dos Ramos;
2 – Cada comunidade cadastrar mais 15 crianças;
3 – Ramos que receberão a implantação do Acompanhamento Nutricional: Nossa Senhora Aparecida e São João Bosco (Poços de Caldas), São Benedito (Passos), Nossa Senhora do Carmo (Carmo do Rio Claro) e Nossa Senhora de Fátima (Alfenas);
4 – Realizar Formação Contínua duas vezes ao ano.

Colaboração: Pedro Alexandre Neto – coordenador diocesano (Setor 197)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.