Pastoral da Criança da Paróquia Nossa Senhora da Piedade celebrará 25 Anos

No próximo dia 24 de Agosto, a Pastoral da Criança da Paróquia Nossa Senhora da Piedade – Éden – Sorocaba, SP, irá celebrar seu Jubileu de Prata.

A Eucarística será celebrada ao meio dia e logo em seguida acontecerá o almoço de confraternização.

A celebração acontecerá no Centro Social, R. Genésio Maria, s/n.

Essa celebração finda o ano Jubilar aberto 15 de abril de 2019, com a missa presidida pelo então bispo de Cruzeiro do Sul, AC, na Igreja Nossa Senhora da Piedade, sede da Paróquia.

O Logotipo dos 25 Anos da

Pastoral da Criança

Ano Jubilar de Prata

 

A Pastoral da Criança foi fundada na Paróquia Nossa Senhora da Piedade – Éden – em 09 de Agosto de 1994. Em 2019 uma das pastorais mais conhecidas na igreja e também na sociedade completará em nossa paróquia 25 anos, Jubileu de Prata. Seguindo o legado de sua fundadora, Doutora Zilda, nossas líderes continuam firmes na missão de vencer a mortalidade infantil e fazer verdade entre nós o lema proposto por Jesus no capitulo 10, versículo 10, do evangelho de João: “Eu vim para que tenham vida, e a tenham em abundância”.

Para celebrar essa data tão especial a Pastoral da Criança, em nossa Paróquia, celebrará um ano jubilar do dia 15 de abril de 2018 a 24 de agosto de 2019. O logotipo que acompanhará essa caminhada de Ação de Graças e momento de refazer as forças é repleto das sagradas escrituras e da realidade vivida no trabalho desta pastoral.

 

Em segundo plano, como sombra, se encontra a Cruz, Bendita Árvore da Vida, ,imagem proposta pela patrística, o Cristo Senhor é o fruto bendito dessa árvore.   Fruto dessa árvore é também a Pastoral da Criança, organismo da Igreja conhecido nacional e internacionalmente.

A cruz faz sombra sobre todo esse imenso trabalho que envolve todo desenvolvimento das crianças de zero a seis anos. Essa sombra é repleta de significado, pois é sob a proteção e auxilio do Deus da Vida que o trabalho é desenvolvido. Em gênesis 1, 1 vemos que o Espírito de Deus pairava sobre as águas, assim também nasce a Pastoral da Criança, iluminada pelo Divino Espírito as ações básicas de saúde, desenvolvimento e nutrição acontecem.

Sob a ação de Deus é que a fundadora, Doutora Zilda Arns, cria a Pastoral da Criança e como povo de Israel na saída do Egito experimenta o cuidado de Deus na coluna de nuvens e de fogo que protege e ilumina (Ex 13, 21-22). Essa sombra da cruz nos recorda também essa sempre amorosa presença do Deus Pai-Mãe.

Essa sombra bendita nos recorda também: “O Espírito Santo virá sobre você e o poder do Altíssimo a cobrirá com sua sombra” (Lc 1, 35b). É o Espírito Criador e Criativo quem age e impulsiona todo trabalho da Pastoral da Criança. Esse mesmo Espírito que cobre com sua sombra nos recorda que como seguidores e seguidoras do Caminho (At 9, 2) temos a mesma missão do Ressuscitado: “O Espírito do Senhor sobre mim, porque ele me ungiu para anunciar a Boa Notícia aos pobres. Enviou-me para anunciar a libertação aos presos e a recuperação da vista aos cegos, para dar liberdade aos oprimidos e para anunciar o ano da graça do Senhor” (Lc 4, 18-19). Desde aquele sábado (Lc 4, 16) em que Jesus assumiu em sua vida a profecia de Isaías (61, 1-2) conhecemos nossa missão como cristãos e cristãs.

O logotipo oficial da Pastoral da Criança nesta arte é a própria pastoral, fruto bendito da cruz, antes instrumento de tortura e maldição, mas em Cristo inicio de ressurreição (Gl 3, 13). Aquilo que era escândalo para os judeus e loucura para as nações (1Cor 1, 23) agora é a Árvore da Vida e seus frutos a começar por Jesus, o Emanuel.

O número 25 recorda este jubileu que estamos vivendo, faz memória do tempo de graça instituído pelo próprio Deus (Lv 25), em sua instituição o jubileu era a cada 50 anos, mas para que para mais gente pudesse participar ao menos uma vez na vida a igreja instituiu celebrar a cada 25 anos. Ao completar 25 anos nossa Pastoral da Criança deseja viver este ano de graça e o proclamar como tempo de graça com suas ações.

A cor prata na cruz e no número 25 recorda a tradição de atribuir um elemento aos anos vividos, para 25 anos é a prata, por isso Jubileu de prata.

O número 25 é composto pelo número 2 e o número 5 e nos recorda os 5 pães e dois peixes, partilhados com Jesus para ser partilhado e por isso multiplicado, esse milagre ou sinal, como João prefere chamar, é narrado 6 vezes nos 4 evangelhos – – Mt 14, 15-21. 15, 32-38. Mc 6, 34-44. 8, 1-9.  Lc 9, 12-17. Jo 6, 1-13.

Em 1994 as primeiras líderes ofereceram ao Senhor 5 pães e 2 peixes, certamente pela ação de Deus hoje podemos recolher 12 cestos cheios de vidas salvas, esses 12 nos lembram totalidade, universalidade, a plenitude. 5 + 2 = 7 esse resultado, 7, é o número da perfeição o próprio Cristo. Esses pães e peixes são também sinais das comunidades cristãs: os pães presença do próprio Ressuscitado, a fração do Pão é o sinal pelo qual os discípulos reconhecem o Senhor (Lc 24, 30) e o peixe sinal para reconhecer os membros da comunidade nascente, sinal de sobrevivência e também sinal do Cristo Senhor.

O tronco seco ligado ao Cristo ganha vida, “Eu sou a Videira e vós os ramos” (Jo 15) ligados ao Cristo Senhor somos ramos verdes, fecundos, sem Ele secos e mortos.

Ao Deus da Vida nossa Ação de Graças por este jubileu que nos concede celebrar.    

 

Oração do Jubileu de Prata da Pastoral da Criança Paróquia Nossa Senhora da Piedade – Éden

 

Deus da Vida, bendito sejas por este Ano Jubilar que concedes à nossa Pastoral da Criança celebrar em nossa Paróquia. Bendito sejas pelas muitas vidas que pudemos salvar, mas também pedimos perdão pelas quais nossos limites não permitiram.

Bendito sejas por cada líder que transforma a morte em vida, fazendo assim experiência de ressurreição todos os dias. Bendito sejas pela vida doada da doutora Zilda Arns, que ressuscitada intercede por nós na missão de continuar a vencer a mortalidade infantil.

Que o exemplo de Maria que vai servir sua prima gestante, Isabel, continue a iluminar nossos trabalhos e que mais mulheres e homens sintam-se chamados ao serviço de nossas crianças. Que assim como o samaritano sempre paremos no caminho para salvar a vida agredida pelo sistema de morte que nos é imposto. Que assim como seu amado Filho veio para que “todos tenham vida e a tenham em abundância”, também nós lutemos para que esse Reino de Vida Plena seja realidade em nossa paróquia. Tudo isso nós te pedimos, Deus Pai-Mãe, que, com Jesus, o grande Servidor, e o Espírito de Amor, vivem e reinam para sempre. Amém.

  • São Paulo
  • Sorocaba
  • Arquidiocese de Sorocaba

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.