Dom Paulo Evaristo Arns 89 anos de vida doada é exemplo para a celebração dos Estigmas de São Francisco

Hoje, dia 17 de setembro se celebra os Estigmas de São Francisco. Tempo oportuno para entender o significado das chagas do Santo dos pobres. Para Frei Régis Daher o caráter histórico das Chagas de São Francisco é refletir sobre a experiência de vida que se esconde sobre este fato narrado nos “Fiortti” das Fontes Franciscanas. “Um dia, no princípio de sua conversão, São Francisco rezava na solidão e, arrebatado por seu fervor, estava totalmente absorto em Deus e lhe apareceu o Cristo Crucificado. Com esta visão, sua alma se comoveu e a lembrança da Paixão de Cristo penetrou nele tão profundamente que, a partir deste momento, era-lhe quase impossível reprimir o pranto e suspiros quando começava a pensar no Crucificado”. E rezava: “Ó Senhor, meu Jesus Cristo, duas graças eu te peço que me faças, antes de eu morrer. A primeira é que, em vida, eu sinta na alma e no corpo, tanto quanto possível, aquelas dores que tu, doce Jesus, suportaste na hora da tua dolorosa Paixão. A segunda, é que eu sinta, no meu coração, tanto quanto for possível, aquele excessivo amor, do qual tu, filho de Deus, estavas inflamado, para voluntariamente suportar uma tal Paixão por nós pecadores”.

Isso significa uma busca incessante de Francisco em “seguir as pegadas de Jesus Cristo”. Francisco lançou-se numa aventura, sem tréguas, na qual deu tudo de si. A vontade, a inteligência e o amor. As chagas significam que Deus é Senhor de sua vida. Deus encontrou nele a plena abertura e a máxima liberdade para sua presença.

Com o espírito de quem encarnou a dor dos pobres queremos lembrar uma das lideranças religiosas mais expressivas no Brasil Dom Paulo Evaristo Arns, que atualizou o carisma franciscano, em sua própria vida na luta pelo fim da desigualdade social, em defesa dos direitos dos pobres. Combateu a Ditadura Militar. Agiu em favor das vítimas da repressão e tornou-se o bispo da defesa dos direitos humanos dos pobres e excluídos.

O Arcebispo emérito de São Paulo Dom Evaristo Arns é franciscano e celebrou no dia 14 de setembro de 2010 seus 89 anos de vida e doação pela causa do Reino de Deus. A Missa em Ação de Graças pela data natalícia foi celebrada na presença dos familiares. O sobrinho Dr. Nelson Arns Neumann Coordenador da Pastoral da Criança Internacional esteve presente com a família para comungar e comemorar o dia especial.adompauloarns2

Como São Francisco Dom Paulo Evaristo Arns é testemunha do Evangelho para todas as gerações. Hoje, vive na simplicidade franciscana em Taboão da Serra-SP na Congregação Franciscana da Ação Pastoral. É irmão da Dra. Zilda Arns a quem também dedicou sua vida pela mesma causa na Pastoral da Criança e vítima do terremoto do dia 12 de janeiro de 2010, que fez milhares de vitimas no Haiti.

Acesse matéria publicada no site dos Franciscanos Menores da celebração dos 86 anos de vida em simplicidade e doada por amor ao Evangelho e aos pobres.

 

http://www.franciscanos.org.br/v3/noticias/reportagensespeciais/2010/domevaristo_140910/

Ir. Núbia Maria da Silva (IMC)

Ação Comunicação Popular


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Time limit is exhausted. Please reload CAPTCHA.