Campanha da 1ª Dose Imediata do Antibiótico tem espaço do IV Congresso da RCE

antibioticonDurante o IV Congresso Nacional da Rede Católica de Educação-RCE que aconteceu no Shoppig Estação em Curitiba, início de julho de 2011, a Pastoral da Criança teve espaço para apresentar o lançamneto da Campanha da 1ª Dose Imediata  do Antibiótico.

Com a participação de mil e seissentos educadores de todo o Brasil, falou-se da importância  e o direito  da criança, com suspeita de peneumonia,  receber a 1ª dose imediata do antibiótico na Uidade Básica de Saúde-UBS.

Lembrada a capanha do ano passado “Dormir de Barriga para Cima é mais Seguro” com a possibilidade de reduzir 70% a morte súbita de bebês a Pastoral da Criança conseguiu,  com êxito, um trablho de prevenção e de concientização junto às mães e famílias sobre a possição correta da criança dormir com a barriguinha para cima.

Esse ano a campanha do Antibiótico vem alertar para uma atitude simples como se pode evitar óbitos de crianças, que morrem hoje, cerca de 4 mil anuais entre menores de cinco anos, sabendo-se que tem o diagnóstico e o medicamento, basta receber a 1ª Dose Imadiata na UBS!

Os santinhos da campnha foram distribuidos a partir do stand da RCE com orientação e informação durante o intervalo do evento. O espaço foi concedido pelo presidente e organizador da RCE o Irmão Marista Manoel Alves que acrdeita nas campanhas da Pastoral da Criança, de forma educativa, em defesa da vida.

A  campanha da 1ª Dose imediata do antibiótico devem ser garantida por médicos e profissionais. Ela tem parceiros e apois como o Ministério da Saúde, UNICEF, Conselho Nacional de Secretários Municipais de Saúde-CONASEMS, Sociedade Brasileira de Enfermagem-ABEN, Sociedade Brasiliera de Medicina de Família e Comunidade-SBMFC, Academia Brasiliera de Pediatria-ABP e o Centro de Pesquisas Epidemiológicas da UNiversidade Federal de Pelotas-RS.

Ir. Núbia Maria da Silva (IMC)

Ação Comunicação Popular

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Time limit is exhausted. Please reload CAPTCHA.