MARIA MÃE MODELAR

Poesia recebida do setor de Jundiaí/SP

 

MARIA MÃE MODELAR

 

Prá ver o filho crescendo, Em graça e sabedoria

A mãe de hoje precisa, É aprender com Maria

 

Ela era pobre, não tinha, Berço pra por a criança

Mas tinha fé e por isso, Nunca perdeu a esperança

 

Não lhe faltou caridade, Quando ajudou Isabel

Hoje também ela ajuda, Jesus a levar-nos ao céu

 

Olhando, pois pra Maria, Com seu exemplo e oração

A Pastoral da Criança, Ensina esta lição

 

Amor dos pais, boa comida, Vacinas, leite de peito

É o que se dá à criança, Pra ser forte bem do seu jeito

 

Seu corpo, mãe como a terra, Também requer um descanso

Para dar fruto sadio, Bonito, bom e sem ranço

 

Pomar, pezinhos de couve, Horta ou maracujá

Reforçam nossa comida, Quando o dinheiro não dá

 

Farelo é baratinho, Muito gostoso e alimenta

Soja vai bem na papinha, Quando a criança já senta

 

E se tiver diarreia, De soro que ela passa

Quando aparecem os vermes, Faça o remédio, é de graça!

 

Dor de garganta, alergia, Bronquite ou anemia

São as doenças comuns, Nas crianças hoje em dia

 

Então vá logo ao postinho, Que está bem perto pra isso

Se não há vagas, avise, E já se resolve o enguiço

 

Mas muito caso é curado, Com remedinho caseiro

Se com amor for lhe dado, Fez efeito verdadeiro

 

E afinal, mãe amiga, Ame muito o filho seu

Só assim você consegue, Revê-lo um dia no céu

 

AMEM, MÃE, AMÉM….

 

Colaboração: Maria Celina Tafarello Atuati – coordenadora de ramo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Time limit is exhausted. Please reload CAPTCHA.