QUAL É NOSSA IMAGEM DE DEUS! COMO LIDER DA PASTORAL DA CRIANÇA


O profeta Elias interferiu e garantiu que a voz de Deus fosse ouvida bravamente. Ele incomodou bravamente quem dominava  o povo que estava de acordo com o regime anti cristão adotado pelos governantes daquela época.

Mas Elias foi perseguido e ameaçado de morte, e achou que neste momento Deus faria algo milagroso para salvá-lo da perseguição, e nada aconteceu então Elias ficou sem esperança e fugiu e foi esconder-se nas cavernas.

Lider, quantos de nós não pensamos um dia em fazermos isso, quando estamos aflitos, com medo e desesperados, por não conseguirmos fazer o melhor, para estas crianças, gestantes e suas familias?  e achamos que o melhor  é largar tudo, nos escondermos de todos e de tudo, vivendo no isolamento, sem voz e vez e sem ação.

Elias teve que mudar, primeiramente reconhecer-se fraco e necessitado, precisou mudar sua imagem a despeito de DEUS. É isso que temos que fazer também, e não acharmos que somos os salvadores da pátria, que vamos acabar com as diferenças sociais e intelectuais. Elias se abriu para outras experiências, quando sentiu que Deus, pacifica o coração, as palavras e dirige nossas ações. Sendo assim ele teve forças para voltar e continuar seu trabalho de conscientização do povo, de criticas e de alento ao povo sofrido e desamparado de toda a sorte.

Lider! Faça você também como Elias, procure se abrir mais para o conhecimento através das capacitações, dos inúmeros instrumentos que a pastoral da criança traz até você, nos jornais, rádios entre outros.Quanto mais você estiver em sintonia com sua vontade de ajudar e na busca de mais conhecimentos, você terá sempre este alento, esta brisa suave e a certeza que Deus estará te auxiliando  sempre, nos momentos de tribulações e dificuldades na sua caminhada de líder da Pastoral da Criança. Então que imagens de Deus estamos levando? Que imagem de Deus temos em nosso coração e mente quando vamos fazer nossas visitas? Sera que estamos enganados e precisamos perceber Deus de outra maneira?

E em nosso trabalho na pastoral da criança, será que às vezes fazemos vista grossa diante de alguma injustiça frente aos mais pequeninos?

É preciso “revisitar” a bíblia e nossa espiritualidade para reencontrar de fato um Deus que caminha com a gente, que ama incondicionalmente, que sofre com a traição, mas não abandona a gente, pois ele sabe que somos limitados e que necessitamos dele sempre.

Lider! Acredite mais em você, na sua missão, pois Deus estará sempre nos encorajando de todas as adversidades que encontramos nesta caminhada de Pastoral da Criança. Faça uma meditação espiritual em sua alma, pedindo sempre que o Espirito Santo, mostre a melhor forma de você enxergar qual é de fato a sua imagem de Deus neste trabalho da Pastoral da Criança, e assim você terá todo o suporte necessário para seguir firme e forte, sem desanimo, com alegria na alma e sempre disposto a vivenciar este amor incondicional de Deus.

 

PAZ E BEM!

Cordialmente, Alfredo Vinci – Lider e Capacitador da Pastoral da Criança setor São José do Rio Preto – SP

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Time limit is exhausted. Please reload CAPTCHA.