Jornal 204 – Roraima • Roraima – Visita

Entre os dias 14 e 16 de junho, a Diocese de Roraima recebeu a visita da Coordenadora Nacional da Pastoral da Criança, Irmã Vera Lúcia Altoé. Esta foi a primeira vez que a religiosa veio ao estado depois que assumiu a função de coordenar a Pastoral. Irmã Vera veio conhecer a realidade local e o trabalho realizado pelos líderes da Pastoral no estado. Ela teve uma agenda intensa. Desde a manhã do dia 14, quando desembarcou na capital Boa Vista, Irmã Vera participou de reunião com a coordenação diocesana, atendeu a imprensa numa coletiva e esteve com autoridades e representantes das esferas legislativa, estadual e municipal.

Na reunião com as autoridades, Irmã Vera apresentou a Pastoral e sua importância no combate à desnutrição e mortalidade das crianças, bem como o acompanhamento das gestantes e o pré-natal. Falou ainda sobre o trabalho pastoral voluntário realizado pelos líderes nas comunidades e bairros das cidades de Roraima. Todavia, a coordenadora lamentou que em um estado tão novo pudesse existir tantas crianças em situação de risco alimentar, o que prejudica o seu desenvolvimento. Apenas 1.500 crianças são atendidas pela Pastoral num universo de 39.000. “Precisamos fazer mais por nossas crianças”, ressaltou a religiosa.

Na oportunidade, ela propôs mais parcerias com o poder público para uma maior qualidade no atendimento às jovens gestantes. “Por isso, estamos, aqui, para motivar a Pastoral e convocar as lideranças governamentais para que se comprometam ainda mais com a causa”, esclareceu Irmã Vera sobre o motivo da visita. Foram realizadas ainda visitas às cidades do interior e encontros com mães e crianças indígenas. Ela conheceu bairros periféricos da cidade e as invasões que estão surgindo ao longo da BR 174, área de constante conflito com o poder público e de alta situação de risco para as crianças.

Colaboração: Evangelista Siqueira

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Time limit is exhausted. Please reload CAPTCHA.