Todos os posts de Juliano Cechinato

Coordenação Visita Ramo Serrano em Caxias do Sul

No dia 15/03/2014 a tarde a Coordenação da Pastoral da Criança Setor 306 Caxias do Sul, Doracelia Mello dos Santos e Juliano Cechinato visitam o Ramo Serrano no Bairro Iracema no Município de Caxias do Sul.

Dizem que cada pessoa nasce com uma missão. Certo ou não, o fato é que missão é algo que nos move, que nos faz agir em prol de uma causa, de algo ou alguém. Assim acontece também com a Pastoral da Criança que vem cumprindo a sua missão de orientar as famílias sobre temas de saúde materno-infantil, colaborando para que milhares de crianças, de 0 a 6 anos, possam nascer e crescer com mais saúde e vida digna.

Acredite, confie! Temos em nosso trabalho a criança como prioridade absoluta. Por isso, é nossa missão também estar a seu lado, através das orientações desse Espaço e de nossos voluntários em toda a Diocese, para que você possa cuidar sempre melhor de suas crianças, para que elas “tenham vida e vida em abundância”. Destaca Juliano Cechinato.

Já Doracélia Mello, se foca na orientação aos cuidados com o preenchimento da FABS. Está troca de experiências entre as Comunidades e líderes, fortalecem o Grupo. Também contamos com a presença do Padre Gilmar Paulo Marchesini.

Este slideshow necessita de JavaScript.

 

Desfile de 7 de Setembro – Veranópolis/RS

A Coordenação Diocesana da Pastoral da Criança – Setor Caxias do Sul, composta por Doracélia Mello dos Santos e Juliano Cechinato, e a Coordenadora da área de Farroupilha Lúcia Rombaldi David, participaram do Desfile de 7 de Setembro celebrando os 10 anos da Pastoral da Criança no Município, no último sábado dia 07/09/13 no Município de Veranópolis/RS.

Desfilaram Gestantes e Crianças acompanhadas pelas Lideranças da Pastoral da Criança, contando com apoio e incentivo da Coordenadora do Ramo São Luiz Gonzaga Cláudia Bissani.

O evento conteve ainda, em frente ao palanque composto pelas autoridades locais, a encenação da Celebração da Vida para dar ênfase às atividades desenvolvidas.

Juliano Cechinato
Multiplicador da Ação Comunicação Popular Diocese de Caxias do SulCréditos -Juliano Cechinato 07-09-2013 (10)Créditos -Juliano Cechinato 07-09-2013 (3)Créditos -Juliano Cechinato 07-09-2013 (4)Créditos -Juliano Cechinato 07-09-2013 (1)Créditos -Juliano Cechinato 07-09-2013 (7)Créditos -Juliano Cechinato 07-09-2013 (8)Créditos -Juliano Cechinato 07-09-2013 (5)

LUTO!

A Pastoral da Criança da Diocese de Caxias do Sul, esta de luto pelo falecimento trágico de Mariele de 3 anos e seus irmãos de 12 e 17 anos. A família era acompanhada pela Pastoral da Criança em função da menina de 3 anos de idade. A alegria da menina sempre que recebia a líder e participava das celebrações ficaram para sempre gravados na memória do grupo. Lamentável, triste, perceber o que ocorreu no local na noite passada. Força, coragem, persistência.

Desde as cinco da manhã acompanhando um incêndio na Vila Sapo, parte baixa do bairro Serrano em Caxias do Sul. Três pessoas morreram. 20 casas completamente destruídas, famílias que perderam tudo. Um local pobre, extremamente pobre, com diversas ligações clandestinas de energia elétrica. Triste realidade de uma cidade pujante como a nossa, mas que tem os seus focos de pobreza extrema e de dificuldades. Foi triste ver uma mãe, Maria de Fátima Cardoso, desolada pela perda dos filhos de 17, 12 e 03 anos. 

Juliano Cechinato

Assessor de Imprensa e Multiplicador da Ação Comunicação Popular

Setor Caxias do Sul

Líderes a porta voz desse trabalho dentro das Comunidades.

No dia 11 de agosto de 2012, no Centro Diocesano de Formação Pastoral, ocorreu a Ação “Alimentação e Hortas Caseiras” desenvolvido pela Pastoral da Criança Setor Caxias do Sul, em parceria grupo de Empresários que se organizam para o evento “Homens na Cozinha”, juntamente com a Fundação Caxias.

A Iniciativa

A Ação “Alimentação e Hortas Caseiras” visa melhorar a qualidade nutricional de famílias vulneráveis socialmente. De acordo com a Pastoral da Criança, cada família desenvolve seu canteiro e mantêm uma alimentação mais saudável e adequada.

Anteriormente a Pastoral da Criança se preocupava com a desidratação e a desnutrição. Hoje, a preocupação é a obesidade. A ação visa também trabalhar a educação alimentar de forma a aproveitar tudo que o alimento oferece.