Arquivos mensais: março 2011

Comunidade Barra do Munim recebe visita do Coordenador de Ramo

O coordenador do Ramo São Sebastião em Vargem Grande-MA, esteve no dia 25 de março de 2011, na comunidade Barra do Munim para fazer encontro de sensibilização e articulação para iniciar o trabalho da Pastoral da Criança naquela comunidade. Dessa forma ele diz concretizar o sonho da fundadora dessa pastoral que promove a vida das crianças e famílias.

Com grande alegria comunica a todos que em feverriro de 2011 aconteceu a assembleia eletiva do Ramo sendo reeleito Alfredo de Sousa para coordenar por mais dois anos esse belissimo trabalho.

Alfredo de Sousa

Coordenador do  Ramo São Sebastião em Vargem Grande-MA

Diocese de Cachoeiro do Itapemirim-ES recebe capacitação em Comunicação Popular

O Multiplicador no Estado do Espírito Santo Marcos Paulo, conhecido por Paulinho capacitou 12 novos líderes capacitadores na Ação Comunicação Popular na diocese de Cahoeiro do Itapemirim-ES, nos dias 19 a 20 de março de 2011 na Casa das Irmãs Ursulinas.

O teatro trabalhado teve o tema da Campanha da Fraternidade 2011.  A arte e a criatividade fizeram parte de um recorte da realidade que abordou uma família desestruturada. Mãe que abandona a criança. Que não se preocupa com o meio ambiente. O roteiro da peça estava centrado no contexto atual do tema “A natureza geme em dores de parto”.  Cigarro. Lixo no quintal. O cortador de árvores, devastador da floresta e a conseqüência por ele deixada.

Recortes de jornais e revistas com imagens do terremoto no Japão, imagens das enchentes no Brasil. Famílias da Pastoral da Criança que foram atingidas. As várias dinâmicas ajudaram para uma reflexão da missão da Pastoral da Criança dentro da conjuntura atual.

Curioso foi o “Varal de Recados” motivador da espiritualidade de todo a capacitação montado com os personagens de texto bíblico. Os participantes mostram seus talentos, criatividade e muita animação.

Ao sair da capacitação com entusiasmo para capacitar em suas comunidades na ação e divulgar a Pastoral da Criança ficou um responsável articulador da comunicação popular em toda a diocese e organizaram uma comunidade no Orkut.

No final o teatro livre os líderes que se preocuparam em apresentar a problemática local e mundial em que as mudanças climáticas estão provocando às famílias e crianças vítimas das enchentes e terremotos levou questionamentos aos espectadores: como a Pastoral da Criança estar presente, também, nessas realidades? Qual nossa ação? Quais atitudes?

O teatro foi apresentado para toda a comunidade e pessoas presentes na Casa de encontro.

Maria de Fátima Zangerolame Fim

Coordenadora do Setor Cachoeiro de Itapemirim-ES

cachoeiro2

Diocese de Cachoeiro do Itapemirim-ES recebe capacitação em Comunicação Popular

cachoeiro2O Multiplicador no Estado do Espírito Santo Marcos Paulo, conhecido por Paulinho capacitou 12 novos líderes capacitadores na Ação Comunicação Popular na diocese de Cahoeiro do Itapemirim-ES, nos dias 19 a 20 de março de 2011, na Casa das Irmãs Ursulinas.

O teatro trabalhado teve o tema da Campanha da Fraternidade 2011.  A arte e a criatividade fizeram parte de um recorte da realidade que abordou uma família desestruturada. Mãe que abandona a criança. Que não se preocupa com o meio ambiente. O roteiro da peça estava centrado no contexto atual do tema “A natureza geme em dores de parto”.  Cigarro. Lixo no quintal. O cortador de árvores, devastador da floresta e a conseqüência por ele deixada.

Recortes de jornais e revistas com imagens do terremoto no Japão, imagens das enchentes no Brasil. Famílias da Pastoral da Criança que foram atingidas. As várias dinâmicas ajudaram para uma reflexão da missão da Pastoral da Criança dentro da conjuntura atual.

Curioso foi o “Varal de Recados” motivador da espiritualidade de todo a capacitação montado com os personagens de texto bíblico. Os participantes mostram seus talentos, criatividade e muita animação.

Ao sair da capacitação com entusiasmo para capacitar em suas comunidades na ação e divulgar a Pastoral da Criança ficou um responsável articulador da comunicação popular em toda a diocese e organizaram uma comunidade no Orkut.

No final o teatro livre apresentado pelos íderes se preocupaou com a problemática local e mundial em que as mudanças climáticas estão provocando às famílias e crianças vítimas das enchentes e terremotos e levou questionamentos aos espectadores: como a Pastoral da Criança estar presente, também, nessas realidades? Qual nossa ação? Quais atitudes?

O teatro foi apresentado para toda a comunidade e pessoas presentes na Casa de encontro.

Maria de Fátima Zangerolame Fim

Coordenadora do Setor Cachoeiro de Itapemirim-ES

cachoeiro3

cachoeiro4

 

cachoeiro5 cachoeiro6

BRINQUEDISTAS EM AÇÃO

brinquestistapi1A comunidade Pé do Morro da Paróquia Nossa Senhora da Conceição, município de Barras, Setor Campo Maior-PI, quando se reúne para CELEBRAR A VIDA se transforma em uma plena festa. A alegria das famílias e dos líderes se completam por tantos desafios alcançados. É um momento muito rico de partilha e acolhimento por muitas graças que Deus concede a cada família que se deixa ser guiada pela orientação dos líderes, com dedicação, mensalmente visitam suas famílias e colocam em prática a ação do brincar, deixando claro, que a criança aprende e se desenvolve quando são estimuladas a brincar. Os líderes: Lourdes, Elane e José Carlos agradecem a Coordenação Nacional e aos benfeitores pelo reforço da ação na comunidade por meio do Sacolão que veio complementar ação Brinquedos e Brincadeiras na vida da comunidade. Celebrar a vida dentro da comunidade se transformou em um momento muito forte de unidade, pois, percebemos que este serviço voluntário que realizamos traz frutos para as famílias e para a comunidade e nos torna agraciados por Deus.

 

Rita de Cássia da Silva

Brinquedista em Barras-PI

 

 brinquedita2

Capacitação em Alimentação Enriquecida e Hortas Caseiras acontece em Lins-SP

hortaslins-sp1A ação Alimentação Enriquecida e Hortas Caseiras da Pastoral da Criança que tem resgatado o prazer de cultivar alimentos saudáveis nos próprios quintais e em pequenos espaços é o tema da capacitação que aconteceu no dia 26 de fevereiro de 2011, no Espaço Bem Viver em Lins-SP, para capacitadores.

O Multiplicador José Dionísio de Botucatu-SP capacitou de forma simples e prática o conteúdo. Participaram líderes dos municípios Penápolis, Lins e de Marília participou a coordenadora do Sub-Regional Botucatu II Maria Angélica Galiote Silva.

Depois de colhido os frutos da ação, se encontra a verdadeira “arte culinária” de transformação dos alimentos em pratos apetitosos e ricos em nutrientes para as famílias.Com os conhecimentos adquiridos e a importante missão de multiplicar novos Líderes, famílias e mães na ação Hortas Caseiras os participantes saíram com o compromisso de capacitar os responsáveis pelas crianças para levarem “vida em abundância” a todas elas.

Angélica Corbucci

Coordenadora do Setor Lins-SP

hortaslis-sp2

Sorocaba/SP acolhe o 2º Encontro Regional em 2011

Sorocaba/SP acolhe com alegria os participantes do 2º Encontro Regional, que aconterá nos dias 26 a 30 de março  2011.  As dinâmicas de oficinas serão usadas com a mesma metodologia da XVI Assembleia Nacional de 2011, no endereço Associação Cultural e Beneficente Servir. Rod. Raposo Tavares, 255, KM 105, Bairro: Itanguá  – Cep. 18043-970 – Sorocaba/SP.

O Regional que contará com a presença das coordenações dos Estados de São Paulo, Minas Gerais, RIo de Janeiro e Espírito Santo e a Equipe da Coordenação Nacional da Pastoral da Criança.

Sejam todos bem vindos e bem vindas!

Geny de Oliveira Soares

Organização do Regional pela Coordenação Nacional

Visita Domiciliar

fotovisitadomiciliar1

 

A líder  e Coordenadora da Comunidade Valentim II do Ramo São Francisco de Assis em Valença do Piauí, realizou visita domiciliar nesta terça-feira 23 de março de 2011, para colher informações sobre as crianças e gestantes acompanhadas pela Pastoral da Criança. Fez convite para a Celebração da Vida que acontecerá na quinta-feira (24/03) no salão paroquial São Francisco de Assis.

 Vera Lúcia Lopes da Silva

Líder e Comunicadora Popular

 

 

fotovisitadomiciliar4fotovisitadomiciliar2

fotovisitadomiciliar3

Novos Articuladores de Saúde em Bom Jesus do Gurguéia no Piauí

articuladordesaudepiA Pastoral Da Criança na Diocese de Bom Jesus do Gurguéia realizou nos dias 12 e 13 de março de 2011, a capacitação de voluntários para Articulador da Pastoral da Criança junto ao Conselho de Saúde.  A capacitação aconteceu na cidade de Bom Jesus na Paróquia Bom Jesus da Boa Sentença com a presença de representantes das diversas paróquias da Diocese onde a Pastoral da Criança realiza suas ações.

Nesta capacitação tivemos a presença do Líder/Capacitador Francisco de Assis de Deus, de Teresina-PI, que nos repassou com muita alegria e entusiasmo o trabalho exercido por um articulador de saúde visando ações básicas de Saúde realizadas com as famílias e a comunidade que quando complementadas com políticas públicas bem administradas, previnem o sofrimento humano, nos trazendo a importância de sermos uma ponte entre o Conselho de Saúde e a comunidade.

Tivemos também durante todo o encontro a presença da Coordenadora Diocesana Luiza Ribeiro Oliveira que nos deixou uma mensagem: “Quando valorizamos a ação que a Pastoral da Criança realiza em nosso meio e não ficamos parados na obra a graça de Deus acontece e a pastoral realiza sua função seguindo o mandato de Jesus”. Esta é mais uma contribuição para que todas as crianças “tenham vida e vida em abundância” (Jo 10,10).

Janderson Maia de Andrade

Comunicador Popular

Ação Comunicação Popular chega a Minas Gerais

capacitaomg6Aconteceu de 25 a 27 de fevereiro de 2011, na casa de retiro São José em Belo Horizonte-MG, o encontro para multiplicadores/capacitadores na Ação Comunicação popular. Esta ação foi abraçada pelo estado de Minas Gerais, devido à necessidade de mais um apoio ao trabalho da líder e do líder comunitário.

A Ação Comunicação Popular vem trazer as ações em comum que podem ser desenvolvidas por pessoas nas comunidades que tem Pastoral da Criança, de forma simples e prática com intuito de dar suporte ao trabalho do líder. Isso é feito através de divulgação do trabalho e da animação do voluntariado, através de medidas simples, mas eficazes, que visam o bem estar e a melhoria da qualidade de vida das pessoas das comunidades em todo o Brasil.

Agenda…

No dia 25, sábado pela manhã, o grupo de comunicadores visitou a TV Catedral da Arquidiocese de Belo Horizonte, onde Leonardo, repórter de TV, que começou a trabalhar no ramo da comunicação como comunicador da Pastoral da Criança, foi quem fez o convite e acompanhou o grupo. Na ocasião foi possível conhecer os estúdios, ilhas de edição, além, todas as dependências da emissora.capacitaomg7

O grupo dos novos comunicadores participantes do encontro desenvolveram diversas atividades como: jornal Mural, Varal de recados, comunicação com megafones confeccionados por eles próprios, programa de Rádio e Teatro,  que posteriormente serão repassadas aos demais comunicadores que serão capacitados nos setores e comunidades por todo o Estado.

No domingo foi dia de apresentação, o grupo de capacitadores e multiplicadores da Ação Comunicação Popular em MG mostrou o porquê de terem recebido o convite para participar de uma ação tão importante para o crescimento o fortalecimento da Pastoral da Criança em seu Estado. As produções chamaram a atenção pelo profissionalismo de todos que ali estavam para aprender. Acabaram ensinando, nota 1000 para os roteiros, apresentação, confecção dos figurinos e das ferramentas necessárias (tanto de rádio como o de teatro). É assim, com otimismo, amor e trabalho que as comunidades mineiras vão receber estas pessoas que agora fazem parte da equipe de comunicadores populares da Pastoral da Criança.

E pra finalizar… a alegria e descontração com a nossa crônica – Dialogando – O informativo para todas as idades. “Seja a mudança que você deseja ver no mundo!”

Origem

Formiga é aquele inseto que nasce no formigueiro, certo? Errado. Quem é de formiga é gente feito! A Marilene. Uma comunicadora muito simpática, isso sim. Ela além de contribuir com quem precisa de sua ajuda, é uma pessoa amigável e ainda tem um bom humor que cativa qualquer um, não é àtoa que a moça foi a vencedora do concurso de caretas.

100_1694Falando em caretas…

Teve gente que queria a qualquer custo nos convencer que não sabia fazer nenhuma. Essas pessoas acreditavam que fazer cara de bravo era suficiente, mas é claro que a gente não aceitou. E tiveram que repetir, repetir e repetir…até a gente achar que tava “bão”.

Representando um papel

Na hora de representar as técnicas teatro os atores Luís Gustavo e Célia 2 encenaram um funeral para a amiga Júlia que estava mortinha da Silva, até que foram bem, mas não tão bem ao ponto de agradar o outro Gustavo que entrou no meio da cena e encenou como ele achava que deveria ser, levou um esporo do Luís Gustavo, “Puxa cara…a peça é nossa”…usurpou a cena dos outros, fez bagunça, só isso…pois.(…)

Assim tivemos a ideia de colocar o Gustavo para interpretar a técnica do Choro, mas quem disse que o homem deu conta!? Como desculpa para não representar bem seu papel disse que não gostou do texto do Shakespeare…”essas palavras são feias demais” disse ele.

A Pedagogia do GUGU

Luis Gustavo, quem diria com esse jeito tímido de seminarista, tem um pouco de tudo e faz um pouco de tudo também. Apresenta, representa, encena, escreve, dirige e pra tudo tem uma história de vida. Nossa equipe de reportagem pra descobrir a real idade do moço, mas não conseguimos, contudo apuramos que ele tem um projeto pessoal para o futuro, desenvolver a pedagogia do GUGU.

...e falando em futuro

Tem gente que acha que é cedo demais pra se preocupar com o futuro, afinal ela ainda é uma bebê. É assim que se define Grazi…menina do pesinho de bode (não passa de 40 quilos), que poderia estrelar o Filme A PEQUENINA…e na oficina é o bebê que dorme de barriga para cima. Célia não teve nenhuma dificuldade para fazer suas demonstrações. Um bebê que nasce sabendo atuar. “Tosse menina! Se engasga!” risos..capacitaomg2

No ar…

Fátima, como todos os outros aqui presentes, é uma grande comunicadora. A diferença dela para os demais é que a toda hora a gente pensa que ela está dando uma notícia. O tom grave da moça… pode ser sentido até quando ela sorrir.

Afinal Júlia morreu ou não?

Isso a gente não sabe dizer… ficou muito tempo se fingindo de morta, mas quando o Gustavo cismou que pra representar bem teria de olhar como estava o rosto de Cornélia, ela n resistiu e disparou a sorrir. E o que dizer quando no ápice de discussão entre Luís Gustavo e Fátima com relação a preparação de seu funeral, ela ficou arisca e decidiu “me dê um chapéu que para o cemitério vou sozinha”.

Eis algumas características que facilmente identifica os comunicadores Populares de Minas Gerais…

Luis Gustavo – Aquele desistiu do funeral

Juliana – Apaixonadadadadaa … risos

Cida 1– dona da lista de chamada, organizada, pontual…

Cida 2 – A parceira do GUGU… em Cornélia… rs

Neuza – “eu sou de fazer, não sou de falar”

Célia – Que teve dificuldade para lidar com o BB fazê-lo dormir de barriga pra cima.

Gustavo – O usurpador de papel.

Elves – O moço que não manda recados, “se é pra fazer, pronto, eu vou lá e faço”.

Grazi – A menina que tem peso de bode, que poderia estrelar o filme. A pequenina e por fim, a bb da Célia.

Júlia – a defunta mais viva do mundo.

Fátima – A radialista dentro e fora de campo.

Dionísio – Que nasceu na Grécia antiga, mas ninguém tirar isso da cabeça dele.

Marilene – A vencedora do concurso de caretas.

 

Dinormanda Azevedo

Jornalista e multiplicadora Nacional da Ação Comunicação Popular

Elves Soares

Multiplicador da Ação Comunicação Popular em Minas Gerais

capacitaomg1 capacitaomg5

 

capacitaomg10 capacitaomg4

 

Encontro Estadual do Pará recebe doação de mel para líderes e mães

encontropara3A Associação de Agricultores e Apicultores de Bujarú – AABA que fica na diocese de Abaetetuba, fez doação de mel  para líderes e mães através  das coordenadoras de todas as dioceses do Pará, que esteveram reunidas no  Encontro Estadual em fevereiro de 2011, no Hotel Transbrasil em Belém-PA, para partilhar as experiências, refletir e rever a caminhada. Também para planejar novas atividades.

Na ocasião houve repasse da Assembleia Nacional firmando o compromisso de amor ao Reino de Deus nas ações concretas da Pastoral da Criança. A partir da experiência rica do encontro as coordenadoras saíram mais animadas para as atividades do ano de 2011.

 

Ir. Veneranda da Silva Alencar

Coordenadora da Pastoral da Criança no Estado do Pará

 

encontropara2011 encontropara2

 

encontropara6